quarta-feira, 30 de abril de 2014

Haicai #120:



Indiretas

Há quem interprete o que quer,
o que pode, o que é
e devolva palavras tortas...

terça-feira, 29 de abril de 2014

segunda-feira, 28 de abril de 2014

domingo, 27 de abril de 2014

Haicai #117:



C'est la vie


Vence também quem trai e cobiça.
Perdem muitos que semeiam o bem.

No fim, nunca foi questão de justiça.

sábado, 26 de abril de 2014

Haicai #116:




Silenciado

O silêncio anoitece o fito,
e não há luz que encandeie

e reanime o espírito.

sexta-feira, 25 de abril de 2014

quinta-feira, 24 de abril de 2014

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Haicai #113:






Sentidos

O cheiro da terra molhada.
O som desvanecido da água.
O gosto estridente da chuva.

 

terça-feira, 22 de abril de 2014

segunda-feira, 21 de abril de 2014

domingo, 20 de abril de 2014

sábado, 19 de abril de 2014

sexta-feira, 18 de abril de 2014

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Haicai #107:




Canto da Solidão

Persigo estrelas que caem num segundo,
mas continuo só no mundo,

eu continuo só aqui.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

terça-feira, 15 de abril de 2014

Haicai #105:




Transgressora

Nem sempre sigo a norma, admito.
Ou eu quebro as regras

ou elas quebram o meu espírito.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Haicai #104:




Depois da chuva

As rodas beiram a maldade
e lançam nos distraídos

restos da tempestade.

domingo, 13 de abril de 2014

sábado, 12 de abril de 2014

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Haicai #101:




Hora de brincar

O vozerio transcende a rua
e alvoroça a noite crua:

a infância não dorme.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

quarta-feira, 9 de abril de 2014

terça-feira, 8 de abril de 2014

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Haicai #97:




Miragem

Desde o início, o caminho incerto,
e o oásis num repente

se fez deserto.

domingo, 6 de abril de 2014

sábado, 5 de abril de 2014

sexta-feira, 4 de abril de 2014

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Haicai #93:




Mal-entendidos

Uma palavra descosturada,
a paz por um fio.

Comunicar-se sempre foi um desafio.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Haicai #92:




Ditadura

A liberdade torturada.
O gosto amargo do silêncio

e das vidas roubadas.

terça-feira, 1 de abril de 2014

Haicai #91:




Primeiro de abril

Vontades de festim:
a pólvora, o barulho, a mentira.

E tudo acabou antes do fim.